Entrevista

NEGRA LI – uma história e uma oportunidade.

    

Por Josafá Moraes.

 

 No cenário artístico do Brasil surge uma voz, uma atriz, que desafia o caminho lógico dos espaços sociais. Negra Li, hoje conhecida nacionalmente, é uma prova de que o talento convive em diferentes realidades e pode surpreender a todos em qualquer momento. De uma simples brincadeira de cantarolar entre os amigos, nasce uma mulher forte, destemida, que ocupa espaço e que esbanja garra. Aproveitando a passagem da cantora pela região valeparaibana, não desperdiçamos a oportunidade de um bate-papo interessante, que você acompanha abaixo com exclusividade:

 IC-Como surgiu o nome “Negra Li”?

 NL-Li vem de Liliane, meu nome de batismo, e no rap é comum a afirmação da negra ou negro no nome, assim nasceu Negra Li, que eu adoro !!!!

IC- Desde quando sentiu-se inclinada profissionalmente para a música?

 NI-A música veio das brincadeiras com amigos na escola, costumava cantar, trocar a letra das músicas, fazer versões para músicas americanas, tudo de brincadeira, até que um amigo me convidou pra fazer parte do grupo de rap dele, nesse grupo fui vista pelo Helião do RZO, que já era um grupo de rap consagrado nacionalmente, e ele me convidou. Aceitei na hora.

 IC– O que gosta mais de cantar?

 NI-Música rsrsr… gosto de cantar de tudo, sou muito eclética, me apaixonei pela bossa nova, adoro rimar, mas meu coração bate mais forte pelo R&B.

IC- Como aconteceu a participação na série “Antonia”?

 NI-A diretora Tata Amaral estava procurando meninas do Rap, aí fui convidada para fazer uma série de testes, um ano depois desses testes recebi a notícia de que eu tinha sido selecionada.

 IC– Quais os frutos depois de “Antonia”?

 NI-O reconhecimento do público de todo o Brasil e de fora também.

 IC-O que dizer sobre o negro no Brasil?

 NI-A situação do Negro no Brasil já melhorou muito, embora a gente ainda veja atitudes preconceituosas, por vezes veladas, por vezes “na lata” mesmo, mas eu acredito que o preconceito está mais direcionado ao pobre, favelado, da periferia.

 IC- Como combater a pobreza e o crime?

 NI- com educação, disposição para trabalhar e oportunidade.

 IC- O que lhe dá mais prazer?

 NI- Cantar para o meu público, isso cura qualquer aborrecimento.

IC- O que lhe deixa mais indignada?

 NI-Mentira e Falsidade

 IC- – Quais os planos futuros?

 NI-No profissional é gravar meu próximo CD e no pessoal é ter um filho, me casei em julho deste ano.

 IC- O que é música?

 NI-Música é expressão da alma.

 IC- Uma palavra para a juventude.

 NL-A juventude tem que se unir, só juntos conseguiremos construir um país melhor.

 

Mais informações sobre Negra Li:

 www.negrali.com.br

 www.myspace.com/negrali

 www.faclubenegrali.blogspot.com

Explore posts in the same categories: Entrevista

One Comment em “Entrevista”

  1. Elisangela Says:

    Adorei a entrevista bem direta e objetiva…


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: